top of page

O fundador e atual presidente da Specialized, Mike Sinyard, começou a empresa com três coisas – paixão por pedalar, espírito empreendedor e uma boa parceria com lojas de bicicleta. Desde então esses três elementos tem sido os pilares de cada conquista de sucesso da marca Specialized. 

Podemos dizer que Mike começou a Specialized por acaso. Na verdade, ele era um jovem aficionado por bikes que amava pedalar. Em 1974, motivado por sua paixão por bicicletas, Mike vendeu sua Kombi para financiar um tour pela Europa, em cima de sua bicicleta. 

Pedalou de Norte a Sul e, ao hospedar-se num albergue na Itália,  conheceu uma senhora que tinha contato com o famoso fabricante de componentes, Cino Cinelli. Farejando uma oportunidade de negócios, convenceu a senhora a conseguir um encontro com Cinelli. Ele marcou a reunião e no encontro, propôs ser o importador e representante da marca nos EUA.  

Com o negócio fechado, Mike voltou para a Califórnia e visitou diversas lojas na região de São Francisco pedalando (pois havia vendido seu carro) e tirando pedidos com pagamento antecipado, dos componentes italianos.

Ao receber a mercadoria, ele voltou a visitar as  lojas para entregar os pedidos, carregando as peças numa carreta puxada por ele na bicicleta. Sem a  confiança e parceria desses lojistas, a Specialized nunca teria decolado. 

Após esse início memorável, uma série de eventos na história da empresa mudaram o esporte e o mercado para sempre. Podemos organizá-los numa linha do tempo, da seguinte forma :

 

1976 – Introdução de uma linha de pneus para cicloturismo.

 

1981 – Introdução da StumpJumper, a primeira mountain bike produzida em série, a ser oferecida em lojas de bicicleta. Simultâneamente, a empresa lança a Allez (estrada) e a Sequoia (cicloturismo).

Primeira Stumpjumper : um ícone da história do MTB

 

1983 – Specialized forma a primeira equipe de MTB profissional.

 

1984 – Lançamento  do lendário pneu para MTB – Ground Control.

 

1989 – Lançamento da primeira roda aerodinâmica em composite, através de uma parceria com a DuPont.

 

1990 – Introdução da liga de alumínio M2–Metal Matrix, inédita no mercado. Ned Overend, vence o primeiro campeonato mundial de MTB em Durango, Colorado.

 

1993 – Lançamento da FSR, a full suspension mais avançada da época.

 

1994 – Lançamento do Epic Ultimate, um quadro para MTB de titânio com carbono.

 

1996 – Organização do campeonato Specialized Cactus Cup Global, com etapas noBrasil, França e Japão.

 

1999 – Evolução da liga de alumínio M2 para M4. Mais resistente e com propriedades mecânicas que permitiram construir quadros mais leves. Introdução do selim Body Geometry, clinicamente testado para aumentar o fluxo sanguíneo na região do períneo, evitando complicações na genitália masculina.

 

2000 -  Introdução da tecnologia patenteada Body Geometry para sapatilhas e de uma nova liga de alumínio para quadros de estrada, a E5.

 

2002 – Mario Cipollini vence o campeonato mundial de ciclismo pedalando uma Sworks Aerotec E5.  A revolucionária Epic Full Suspension é lançada, com seu amortecedor inovador e exclusivo, o Brain. A liga M4, evolui para M5, graças ao sucesso obtido com a liga E5 nos quadros de estrada.

 

2003 -  Filip Meirhaeghe vence a etapa da copa do mundo em Ft.William, Inglaterra, com uma Epic. Introdução de novas famílias de bicicletas – Tarmac (carbono e alumínio), Roubaix , Stumpjumper FSR

Stumpjumper FSR : A evolução da espécie

 

2004 - Introdução da tecnologia Adaptalite, que ajusta a cor da lente do óculos conforme a incidência de raios UV em menos de 20 segundos. Evolução dos selins com tecnologia Body Geometry, com a introdução de 3 larguras diferentes para melhor adaptação do ciclista ao selim. Para isso, foi criada uma ferramenta onde o ciclista senta para medir a largura dos ossos isquiais (aqueles onde sentamos). Linha Tarmac ganha um modelo inteiramente em carbono.

 

2005 - Novo capacete Decibel, super ventilado e com reforços de fibra de carbono na sua estrutura. Nova Enduro, com um quadro completamente redesenhado. Nova FSR XC, a prima da Stumpjumper FSR com desempenho similar a um preço bastante atrativo.

DINHEIRO DA VENDA DE UMA KOMBI: Como Mike Sinyard começou a Specialized

bottom of page